segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Garota com interrogações (Andressa Andrade)

Cheia de interrogações, perguntas que corro atrás para decifrar
Chorona e sentimental é assim que me descrevo
Apesar de não parecer , muitas palavras ditas sem pensar já me magoaram e machucaram muito.
E muitas feridas até hoje não foram cicatrizadas 
Posso até se julgada por alguns ou até mesmo ser detestada por outros
Fico me perguntando diariamente se estou pronta para seguir por caminhos escuros e cheio de obstáculos.
E chego a conclusão de que com calma, luta, determinação e principalmente com garra consigo tudo que quero
Sei que posso ser forte suficiente para odiar, mais sei que sou melhor ainda em perdoar
Falando na real ódio não leva alguem a qualquer lugar.



Nenhum comentário:

Postar um comentário